sábado, 5 de janeiro de 2013

Resenha "Retalhos" - Craig Thompson


Título Original: Blankets
Autor: Craig Thompson
Editora: Companhia das Letras
Lançamento: 2009
Número de páginas: 592







   Retalhos foi um livro que marcou os meus 14 anos na passagem de 2009 para 2010 (quando recém lançaram o livro). Eu havia feito uma troca de livros com uma colega de classe e acredite, li quase 600 páginas em menos de 2 dias. O que não foi nenhum pouco difícil, a história é envolvente e o livro é muito bem ilustrado! 


   O livro narra os principais acontecimentos da vida de um rapaz chamado Craig (o próprio autor) de uma forma profunda. Creio que Craig conseguiu passar isso ao leitor justamente por serem as suas próprias experiência (óbvio,rs).

 No livro ele comenta sobre o seu relacionamento com seu irmão mais novo e como esse relacionamento se esfriou quando eles cresceram. Ele também comenta sobre os castigos de seu pai, e o relacionamento rígido que seus pais mantinham com ele.

  Craig é um garoto que tem muito temor a Deus e é bastante reprimido pela família, escola e pastor a se expressar através de seus desenhos até que em um acampamento ela encontra a protagonista principal dessa história, Raina

  Raina é uma garota vivaz, de alma poética e impulsiva, bem diferente de Craig. Mas, apesar de tudo, ela foi a chave principal para o amadurecimento de Craig que desde então muda completamente a sua maneira de enxergar Deus e a vida.


   Não pense que é só uma história boba de romance como muitas outras graphic novel são, ela é real! E consegue envolver a todos os públicos.


  Retalhos foi vencedor de três prêmios Harvey (melhor artista, melhor graphic noveloriginal e melhor cartunista), dois prêmios Eisner (melhor graphic novel e melhor escritor/artista), e, em 2005, do prêmio da crítica da Associação Francesa de Críticos e Jornalistas de Quadrinhos.

Comentário: "Ao contar esta história das pequenas brutalidades que os pais infligem a seus filhos e os irmãos uns aos outros, Thompson descreve a agonia e o êxtase da obsessão (por Deus, por um amor) e não teme denunciar os caminhos pelos quais a obsessão consome a si mesmo e evapora-se." - The New York Times Review of Books




Espero que tenham gostado. E desde já indico o livro, vale a pena!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. Acho que o comentário foi decisivo par ame interessar por esta obra. apesar de eu não saber bem o que é um graphic novel. to te seguindo já beijos e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Então, é só um jeito mais fresco de dizer ''romance gráfico'' rs. É uma espécie de livro, normalmente contando uma longa história através de arte sequencial (banda desenhada ou quadrinhos). Obrigada pela visita, espero que volte mais vezes. :D

      Excluir
  2. Ah, eu desenho também, mas só em estilo mangá mesmo (e muito mai kkkkk) mas vou ver se volto a desenhar para melhorar um pouco. beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana, eu já fiz mangá. Mas depois fui pro desenho artístico e me identifiquei mais! Continua sim, é uma delícia desenhar. ;)

      Excluir
  3. Bom, ainda tá tendo. vai até o dia 13 deste mês.

    ResponderExcluir
  4. Eu li! Realmente muito envolvente, consegui ler todo em uns 2 ou 3 dias rs
    Curti!

    ResponderExcluir
  5. Eu li! Realmente muito envolvente, consegui ler todo em uns 2 ou 3 dias rs
    Curti!

    ResponderExcluir
  6. Eu li! Realmente muito envolvente, consegui ler todo em uns 2 ou 3 dias rs
    Curti!

    ResponderExcluir